UM BLOG A SERVIÇO DE CRISTO

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

64 – A SÍNDROME DE MÁRTIR


Muitos cristãos de hoje se julgam perseguidos por seus líderes, por liderados, por sistemas, por patrões e até por familiares. Embora saibamos que a perseguição é uma realidade cada vez mais presente no meio dito evangélico, o fato é que em muitos casos o suposto “perseguido” está apenas sendo vítima de sua própria mente.

Algumas pessoas mencionam até alguns textos bíblicos na tentativa de se auto-identificarem como “injustiçados”. Pensando serem portadores da “verdade do SENHOR”, tentam impor sua vontade ao resto do mundo, rotulando os que pensam diferente como “rebeldes”, “sem visão”, “ultrapassados” e coisas do tipo.

Casos envolvendo este tema têm se multiplicado dentro de nossas igrejas, e em grande parte dizem respeito a liderados tentando dominar seus líderes, ou vice-versa, especialmente na relação de pastor com ovelha. Por trás disso tudo está o espírito de manipulação atuando dentro do corpo de CRISTO, e aplaudindo as maquinações que existem entre aqueles que deveriam conviver como irmãos.

Um dos reflexos da manipulação na igreja é aquilo que chamamos de “SÍNDROME DE MARTIR”. A pessoa crê que está certa em seu modo de pensar, agir e conduzir as coisas, passando a considerar todos os que pensam diferente como não possuidores de uma visão que ele mesmo acredita ter; desta forma, passa a interpretar qualquer tentativa de diálogo como “perseguição” e tenta de alguma maneira prevalecer sobre os demais. Na verdade esta é uma tentativa de estabelecer o seu próprio reino.

Como toda doença, a “SÍNDROME DE MÁRTIR” deve primeiro ser diagnosticada antes de ser tratada. O grande problema é que geralmente os portadores desta SÍNDROME não conseguem “olhar primeiro a trave que está em seu próprio olho" (Lc 6.42); e seguem assim, “coando mosquito e engolindo camelo” (Mt 23.24). Isto porque um dos sintomas da SÍNDROME é a cegueira para os assuntos relacionados à própria pessoa.

Somos parte do Reino do SENHOR, mas muitas vezes nos posicionamos uns contra os outros tentando erguer cada um o seu próprio reino. E como pode um reino dividido subsistir?

Está registrado na Bíblia o exemplo de um rei que arquitetou o nascimento de seu próprio reino. Seu nome era Absalão. Para chegar ao trono ele manipulou, tramou, fez-se de bonzinho e tornou-se carismático, ganhando intencionalmente a confiança do povo. Mas também se desgastou, revestiu-se de uma autoridade insustentável, colheu o que plantou, e por fim morreu. Mas não como MÁRTIR.

Aí está uma das grandes questões desta SÍNDROME: a motivação. Pessoas de todos os lugares estão dispostas a dar tudo o que tem, passar por cima de princípios e valores cristãos, e até morrer, tudo pelo seu reininho. Muitas vezes o nome do reininho é “minha igreja local”, “minha denominação”, “meu ministério”, “meu CD”, “minha empresa”, “meus dons...”

Reconhecemos que muitas destas coisas são bênçãos que o SENHOR têm colocado nas mãos de seus filhos. A questão não é essa. A questão é quando estas coisas ocupam o lugar de absoluta primazia, afastando-nos da essência e infectando-nos.

MÁRTIR de certa forma é aquele que morre diariamente para o seu próprio eu, abrindo mão da construção de seu próprio império. Igualmente o é aquele que está disposto a morrer pelo REINO (com R maiúsculo) e não pelo seu próprio reininho.

Você crê sinceramente que está certo em sua posição, quando algumas ou várias das pessoas de seu convívio lhe alertam?

Você tem dificuldade de se submeter à sua liderança naquilo que esteja de acordo com a vontade de DEUS?

Você tende a se aproveitar quando está em posição de proeminência?

Você conduz seus relacionamentos de forma a induzir reações, impor sua vontade ou provocar situações?

Você manipula verdades a fim de induzir pessoas a pensarem como você quer que elas pensem?

Você, que é líder, vive com a sensação de que sua posição está ameaçada por alguém, e tende a reagir a isso?

Você que é pastor (a), tem pregado em sua congregação a doutrina da “submissão pastoral total?”

Você que é mulher casada tem exercido o sacerdócio no seu lar, dominando seu esposo?

E você que é homem casado, tem abusado de sua posição no lar para exigir que sua esposa satisfaça seus caprichos?

Se algum de nós respondeu SIM para apenas uma das perguntas acima, pode ser sinal de porta aberta para a contaminação. Na verdade, pode ser a própria contaminação. Tenhamos cuidado! Esta SÍNDROME tem afastado a muitos da boa, agradável e perfeita vontade de DEUS.

Por causa dela muitos homens e mulheres estão rumando de encontro aos ramos do carvalho. A tendência é que logo fiquem pendurados pelos cabelos, como Absalão (II Samuel 18: 9, 10). E o pior é muitas vezes não sabem disso.

O que fazer? Na dúvida, pare tudo. Tire um tempo para meditar em sua própria vida. Retire-se. Vá para o deserto. Fique em silêncio, e peça para DEUS sondar o seu coração. Como PAI, ELE não negará uma resposta e uma direção.

Que DEUS abençoe a todos!

Em CRISTO, que é a única vacina, ao mesmo tempo em que é o único antídoto que pode reverter os estragos causados pela,

SÍNDROME DE MÁRTIR!

Fonte: http://www.adorazione.com.br/default.asp


Postado por Odair Mercham Junior.


*VALE A PENA, VISITE: GENIZAH - http://www.genizahvirtual.com/ Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

63 - CRESCENDO NA ADVERSIDADE


É fato. Todos se esforçam diariamente para fugir das adversidades. Boa parte das pregações que são ouvidas todos os dias pelos diversos meios de comunicação são para eliminar as adversidades.

Mas é possível vivermos sem problemas? Realmente muitas vezes os problemas são tantos e tão pesados que gostaríamos mesmo é de nos livrar definitivamente deles.

Mas problemas como os que JOSÉ passou durante sua vida como ser odiado por seus irmãos, vendido como escravo, caluniado, atirado em uma prisão, esquecido por aquele a que prestou ajuda, poucos passaram. (Gênesis 37-50)

Muitos quando passam por contratempos, preferem ficar se lamentando pelos cantos. Só sabem reclamar. Se queixam de tudo e com todos e nunca assumem uma posição diante dos problemas pelos quais estão passando com a intenção de superá-los.

JOSÉ nos dá um belo exemplo: um homem que enfrentou toda a ADVERSIDADE e cresceu a ponto de poder dizer: ¨DEUS me fez¨superar e ¨DEUS me fez¨vitorioso!

Sendo assim, com o desejo de estarmos CRESCENDO NA ADVERSIDADE em mente, examinemos o trecho da história de JOSÉ que se encontra no livro de Gênesis capitulo 41, versículos 50 ao 52 e vejamos o que a bíblia nos ensina a respeito do assunto:

¨Antes de chegar a fome, nasceram dois filhos a JOSÉ, os quais lhe deu Azenate, filha de Potífera, sacerdote de Om. José ao primogênito chamou de MANASSÉS, pois disse: DEUS me fez esquecer de todos os meus trabalhos, e de toda a casa de meu pai. Ao segundo chamou-lhe EFRAIM, pois disse: DEUS me fez próspero na terra da minha aflição.¨

Há três pontos importantes a serem analisados neste trecho:

O primeiro é o nome MANASSÉS, o segundo é o nome EFRAIM e o terceiro é a expressão ¨DEUS ME FEZ ¨.

Iniciemos com o nome MANASSÉS, que é o primeiro filho.
Literalmente, MANASSÉS significa DEUS “pôs no meu crédito”.

Se JOSÉ fosse reclamar e pesar em uma balança todo sofrimento e a alegria que viveu, teria um saldo negativo de alegria. Mas na realidade havia um débito enorme, e DEUS fez um depósito para ele, seu primeiro filho. DEUS ¨pôs no meu crédito¨.

A atitude de JOSÉ ao chamar o seu filho de MANASSÉS, DEUS ¨pôs no meu crédito¨, significa que as aflições que uma pessoa sofre não passam despercebidas diante de DEUS.

“DEUS me fez esquecer de todos os meus trabalhos” ou melhor “todos os meus sofrimentos e de toda a casa de meu pai”.Disse JOSÉ.

JOSÉ sentia muitas saudades de seu pai, seu encontro com ele é emocionante! Mas as lembranças dos irmãos eram amargas. Ele precisava esquecer sua saudade e a maldade dos irmãos. Ele sofria muito com isto.

Quem já experimentou sentir saudade de alguém que ama, que perdeu, que está distante, sabe o que isto significa. Ao mesmo tempo quem precisa esquecer maldades que lhe foram feitas, sofrimentos do passado que custam a cicatrizar, sabe também como isto é necessário.

Agora DEUS põe um crédito emocional na vida de JOSÉ. O filho não é um par de muletas, um tapa buracos, mas sim agora ele tem um sentimento muito mais forte, porque tem um filho para se alegrar. Ele tem uma compensação muito maior do que os sofrimentos. MANASSÉS,¨Pôs no meu crédito¨.

Seus irmãos quiseram matá-lo, mas agora ele tem um filho!
Para os orientais, ter um filho era algo profundo, porque eles achavam que a pessoa sobrevivia no seu descendente. Por isso que a maior humilhação que alguém podia ter era morrer sem deixar descendência.Os irmãos quiseram matá-lo, mas nunca mais poderiam matá-lo: ele tinha um filho e ele viveria no filho!

Os saduceus do tempo de JESUS não acreditavam em alma, nem espírito e muito menos em eternidade. Eram religiosos materialistas. Eles acreditavam que a pessoa sobrevivia nos seus descendentes.

JOSÉ não pode ser saduceu, porque eles vêm bem depois, mas se aplicarmos esse tipo de raciocínio aqui, então podemos dizer: ele agora está perpetuado. Sua memória não será apagada da face da terra!

Ele tem sofrimentos lá atrás. Como gostaria de ver o pai! Tanto que quando encontra os irmãos, disfarçado, ele faz uma pergunta: “Vosso pai, o ancião de quem falastes, ainda vive?” (Gênesis 43 : 27).

Ele quer informações do pai, mas ele tem um filho! Tem mágoa dos irmãos, mas ele tem um filho para amar! Ele tem um novo objetivo de amor.

DEUS vê e faz depósitos em nossa conta,o problema é que muitas vezes nós choramos tanto as amarguras que esquecemos de contar as bênçãos e nos centramos tanto nos pontos negativos do passado que nos esquecemos dos pontos positivos.

Nós continuamos remoendo as coisas erradas de cinco, dez, quinze anos atrás e nos esquecemos das coisas boas de hoje. Infelizmente é comum as pessoas ficarem relembrando o que lhe aconteceu quando era criança. Já é um adulto, já tem neto, tem tanto motivo para se alegrar, mas está carregando os ressentimentos de quarenta anos atrás.

Cada dia DEUS faz créditos em nossa conta!
“As misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos porque as suas misericórdias não têm fim, novas são cada manhã”
diz Lamentações 3:22.

LEMBREM-SE DISSO!


Deixemos um pouco MANASSÉS, e falemos agora de EFRAIM. “Ao segundo chamou-lhe EFRAIM”.
Literalmente, ¨frutificou duplamente¨. É o segundo depósito.

DEUS fez um depósito que fez com que JOSÉ se esquecesse dos sofrimentos. Agora faz um segundo depósito, ¨frutificou duplamente¨: EFRAIM. Não é mais a lembrança do passado. É o presente mesmo. “DEUS me fez próspero na terra da minha aflição”.

JOSÉ tem um passado amargo, mas ele tem um passado recente ou, um presente de ontem, que ainda dói. Tem aquelas coisas lá de vinte anos atrás, que ainda produzem ferimentos, mas ele tem recordações de dois, três anos, de meses atrás. Como a situação estava difícil! Mas agora DEUS o faz frutificar. ¨Próspero na terra da minha aflição.¨ EFRAIM, ¨frutificou duplamente¨.

O sentimento agora é mais vigoroso. Agora ele está olhando o seu presente. O passado é uma página virada.
Como nós precisamos disso: de passar páginas para trás. A vida é um livro que se lê para frente, a história ainda não terminou. Há capítulos novos lá adiante. O enredo não está concluído. Há histórias ainda por assimilar.

Mas muitos ficam relendo sempre as mesmas páginas e nunca avança na obra que está escrevendo que é a sua própria vida. Antes o olhar foi para o passado, agora o olhar é para o presente. DEUS me fez prosperar duplamente! A lição aqui é que DEUS cicatriza as feridas.

Alguém disse que o tempo é o melhor remédio. Não, não é o tempo. Às vezes o tempo não é um bom remédio.

DEUS É O MELHOR REMÉDIO!

Quando a pessoa compreende que DEUS está trabalhando na sua vida. Em alguns momentos o tempo pode até ampliar feridas. A pessoa fica ruminando, mas DEUS pode fazer esquecer e frutificar.

E finalmente a terceira expressão, no versículo 51 e 52: “DEUS me fez”.

JOSÉ reconhece que o sujeito das ações é DEUS. Ele não diz “eu fiz”. ¨DEUS me fez¨ .

Ele é genro de Potífera, sacerdote egípcio. Potífera significa, literalmente, aquele que Ra deu. Ra era o nome de uma das divindades do Egito. Seu sogro era sacerdote de Om, mas o nome é aquele que Ra deu.

É casado com Azenate. Azenate significa pertence a Nate. Seu sogro, aquele que Ra deu, sua esposa, aquela que pertence a Nate. Mas não foi Ra quem lhe deu, foi DEUS! Seus filhos e ele não pertencem a Nate. Eles pertencem a DEUS!.

Nas duas declarações de JOSÉ: ¨DEUS me fez esquecer¨ e ¨DEUS me fez próspero¨, está o reconhecimento de que DEUS está fazendo a sua vida. Ele e DEUS eram co-parceiros. Ele creu na atuação de DEUS.

Há muita gente hoje que está buscando auxílio nos Potíferas e Azenates contemporâneos. Procura esquecer, por vezes em vícios, em remédios, no excesso de atividades, em drogas, para ter uma espécie de compensação emocional e nunca deixam que DEUS faça alguma coisa na sua vida.

JOSÉ compreendeu que por trás de tudo, nos bastidores, DEUS estava agindo. Ele poderia dizer “DEUS me esqueceu”, mas em nenhum momento ele disse: “DEUS me esqueceu”. Ele disse “DEUS me fez esquecer”.

DEUS nunca se esquece daquele que está na ADVERSIDADE.
DEUS nunca se esquece daquele que está sofrendo.
DEUS nunca se esquece daquele que tem feridas emocionais que ainda estão abertas e sangrando. Por trás de tudo ele está trabalhando, fazendo as cicatrizes, fazendo depósitos, fazendo novo depósito para que a pessoa se esqueça.

O problema é quando a pessoa não diz assim: ¨DEUS me fez¨ e simplesmente diz DEUS me esqueceu . DEUS está agindo nos bastidores. DEUS é o sujeito da vida de JOSÉ. Ele está no cárcere, mas está escrito: “o SENHOR era com JOSÉ!”.

O SENHOR estava sendo com JOSÉ, conduzindo. Não é mais o menino mimado, protegido do papai, o queridinho do papai que recebera uma túnica especial, o menino meio sem juízo que vai e conta os sonhos e no sonho o pai e os irmãos e a mãe um dia vão se ajoelhar diante dele,deixando a muitos zangados.

Agora é um homem que vai amadurecendo. Em meio aos problemas de JOSÉ, DEUS o fez amadurecer, DEUS o fez CRESCER. Nós nunca vamos amadurecer se não passarmos por contrariedades. Nelas é que nossa têmpera é forjada,nelas que DEUS trabalha na nossa vida.

Nós podemos ser adultos,mas quantas criancices muitos de nós temos. O fato de termos cabelos brancos ou ausência de cabelos não quer dizer que sejamos emocionalmente maduros. Podemos ter atitudes infantis e é preciso que DEUS trabalhe na nossa vida e vai então polindo, aplainando, formando, moldando. ¨DEUS me fez¨. Até fazer os depósitos com a compensação.

Concluindo as considerações sobre MANASSÉS, EFRAIM e ¨DEUS ME FEZ¨.

A infelicidade de JOSÉ tornou-se uma bênção. Já imaginaram se JOSÉ não fosse vendido como escravo? Já imaginaram se a mulher para quem JOSÉ trabalhava (era empregado doméstico), não mentisse e ele não fosse parar no cárcere? Já imaginaram se o primeiro sujeito que JOSÉ ajudou, se lembrasse dele e ele saísse do cárcere? Daria tudo errado.

Tinha que dar tudo errado para poder dar tudo certo, porque se desse certo como ele queria, no fim daria tudo errado. Ele saiu no momento certo e no tempo certo para salvar o Egito. Se tivesse saído antes a fome teria dizimado o Egito e a sua família teria morrido de fome. E não teria havido a família eleita, e não teria havido Israel e não teria vindo o Messias e não haveria a Igreja. JOSÉ precisou passar por tudo aquilo.

Lendo o livro de Gênesis vamos notar o seguinte: no fim do livro, desde o momento que aparece o nome de JOSÉ, não há mais um milagre. Desde que JOSÉ entra em cena, cessam os milagres. A história de JOSÉ poderia ser um romance secular qualquer. Não há nenhuma teofania,o nome que se dá para essas aparições sensacionais de DEUS, não há nada. Nada disso aparece.

A história vai seguindo calmamente, não há milagres, não há aparições de DEUS, não há anjos, não há nada. A teologia do livro é espiritualizada.

Mas no capítulo 50, versículo 20 aparece o que nós chamamos “doutrina da providência”.

¨Vós, na verdade, intentastes o mal contra mim; porém DEUS o tornou em bem, para fazer, como vedes agora, que se conserve muita gente em vida¨.

DEUS nunca pode ser frustrado. Em uma outra grande lição: DEUS tira o bem do mal. Por mais mal que intentem contra um filho de DEUS, DEUS pode torná-lo em bem.

A história de JOSÉ alcança a mudança no capítulo 41 versículo 45. Faraó, que era um pagão, põe um nome em JOSÉ:

“E a JOSÉ chamou Faraó de Zafenate-Panéia”.

Zafenate-Panéia significa “o homem que sabe das coisas”.
Esse foi o nome dado por um pagão a JOSÉ.
Um pagão testemunha sobre um filho de DEUS!
“O homem que sabe das coisas!”

Quem sabe das coisas, não se desespera.
Quem sabe das coisas, não entrega os pontos. Quem sabe das coisas nunca pensa que DEUS o abandonou, mas diz ¨DEUS me fez¨.

E para terminar voltemos ao capítulo 48 versículo 15. É o pai de JOSÉ quem fala, Jacó:

“E abençoou a JOSÉ dizendo: o DEUS em cuja presença andaram meus pais Abraão e Isaque, o DEUS que me sustentou durante a minha vida até este dia”
. Não é um menino. É um homem de cento e trinta anos quem diz isto.

O DEUS que me sustentou até este dia. Foi o DEUS que sustentou a JOSÉ na prisão e foi o DEUS que o tirou de lá. É possível CRESCER NA ADVERSIDADE!

LEMBREM-SE DISSO!

Se você está se sentindo como JOSÉ, DEUS não se esqueceu de você.ELE está trabalhando na sua vida!

Em vez de olhar tanto para trás, olhe para ver o que ELE está fazendo,veja-se como um Zafenate-Panéia, como ¨alguém que sabe das coisas¨ e procure reconhecer a bondade DELE nos seus atos.

Pois somente DEUS te faz CRESCER NA ADVERSIDADE!

Referência: http://ibcambui.org.br/mensagens

Que DEUS os abençoe

Por Presbítero Marcos Brandão leite


*VALE A PENA, VISITE: CAMINHANDO NA GRAÇA DE GRAÇA - http://marcelonathanson.blogspot.com/ Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

62 - A VERDADEIRA RELIGIÃO!


Queridos irmãos, a vida de vocês está cheia de dificuldades e de tentações?

Então, sintam-se felizes, porque quando o caminho é áspero, a perseverança de vocês tem uma oportunidade de crescer.(Tg.1.2,3)

Portanto, deixem-na crescer, e não procurem desviar-se dos seus problemas.Porque quando a perseverança de vocês estiver afinal plenamente crescida, vocês estarão preparados para qualquer coisa, e serão fortes de caráter, íntegros e perfeitos. (Tg.1.4)

Se quiserem saber o que DEUS quer que vocês façam, perguntem-lhe, e ELE alegremente lhes dirá, pois está sempre pronto a dar uma farta provisão de sabedoria a todos os que lhe pedem; Ele não se ofenderá com isso. (Tg.1.5)

Mas, quando lhe perguntarem, estejam certos de que vocês realmente esperam que ELE lhes diga, pois uma mente duvidosa é tão inconstante como uma onda do mar que é empurrada e agitada pelo vento, e cada decisão que vocês tomarem assim, será insegura, na medida em que vocês se voltam ora para um lado, ora para o outro.

Portanto, se vocês não pedirem com fé, não esperem que o SENHOR lhes dê nenhuma resposta concreta.(Tg.1.6-8)

O cristão que não goza de muito prestígio neste mundo deve sentir-se alegre, pois ele é grande aos olhos do SENHOR.

Mas o homem rico deve se sentir alegre porque as suas riquezas não significam nada
para o SENHOR, pois ela logo passará, como uma flor que perdeu a beleza, murcha e seca,queimada pelo sol abrasador do verão. Assim é com os ricos. Morrerão logo e deixarão para trás todos os seus afazeres trepidantes. (Tg.1.9-11)

Feliz é o homem que não cede e não pratica o mal quando é tentado, porque depois
receberá como recompensa a coroa da vida que DEUS prometeu àqueles que O amam. (Tg.1.12)

E lembrem-se: quando alguém quer fazer o mal, nunca é DEUS quem o está tentando,
pois DEUS nunca deseja praticar o mal e nunca tenta ninguém a praticá-lo.

Mas a tentação é a fascinação dos próprios pensamentos e desejos maus do homem.
Estes maus pensamentos levam às más ações e, depois disso, ao castigo da morte
aplicado por DEUS. (Tg.1.13-15)

Portanto, não se deixem enganar, caros irmãos.

Tudo quanto é bom e perfeito nos vem de DEUS, o Criador de toda luz, e que
resplandece para sempre sem mudança nem sombra.

E foi para ELE um dia feliz quando ELE nos deu a nossa vida nova, por meio da Verdade da sua Palavra e nos tornamos, por assim dizer, os primeiros filhos na Sua nova família. (Tg.1.16-18)

Queridos irmãos, nunca se esqueçam de que o melhor é ouvir muito, falar pouco e não
nos irarmos;pois a ira não nos torna bons, como DEUS exige que sejamos.

Portanto, livrem-se de tudo o que está errado em sua vida, tanto interna como
externamente, e alegrem-se humildemente com a mensagem maravilhosa que nós recebemos,pois ela é capaz de salvar as nossas almas à medida que se desenvolve em nossos corações. (Tg.1.19-21)

E lembrem-se: esta mensagem é para obedecer, e não apenas para ouvir. Portanto, não se enganem: pois se uma pessoa apenas ouvir e não obedecer será como um homem que olha o seu próprio rosto num espelho; e logo que se afasta, ele não pode mais ver-se a si mesmo nem se lembrar de como é a sua aparência. (Tg.1.22-24)

Entretanto, se continuar olhando com firmeza na lei de DEUS para homens livres, ele não só se lembrará dela, mas fará aquilo que ela diz, e DEUS abençoará grandemente esse homem em tudo quanto fizer. (Tg.1.25)

Se alguém diz que é cristão e não controla a sua língua ferina, está apenas enganando-se a si mesmo, e a sua religião não vale muita coisa. (Tg.1.26)

O cristão puro e sem faltas, do ponto de vista de DEUS o PAI, é aquele que cuida dos
desamparados, e cuja alma permanece fiel ao SENHOR - sem se contaminar nem se sujar em seus contatos com o mundo. (Tg.1.27)

ESTA É A VERDADEIRA RELIGIÃO!

Que DEUS os abençoe.

Por Odair Mercham Junior


*VALE A PENA, VISITE: PENSAMENTOS SOBRE A VIDA - http://www.rodrigocmagalhaes.com/ Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

61 - QUESTO BLOG TOCCA IL CUORE!

CAMINHO PLANO recebeu o Selo QUESTO BLOG TOCCA IL CUORE.


Um generoso presente do amado irmão Leonardo Macambira autor do blog MARCAS DE CRISTO - http://leomarcasdecristo.blogspot.com/.VISITEM, É UMA BENÇÃO!

As regras para o selo são as seguintes:

1. Faça em seu blog um link para o Blog que concedeu o selo, de tal forma que se possa rastrear o criador do selo.
2. Outorgue o selo a outros cinco Blogs

CAMINHO PLANO indica:

1 – APRENDENDO COM DEUS - http://irmaojunior.blogspot.com/
2 - BLOG DE LUCLÉCIA SILVA - http://lucleciasilva.blogspot.com/
3 - JESUS FREAK - http://jesuscristofreak.blogspot.com/
4 - VOZ NO SILÊNCIO - http://monicafontes.blogspot.com/
5 – BLOG DOS ÚLTIMOS - http://blogdosultimos.blogspot.com/

VALEM A PENA,VISITE-OS.

Obs: É sabido que na correria do dia a dia nem sempre sobra muito tempo para postar selos, indicar blogs e avisar os indicados. Por isso, os indicados não devem de forma alguma se sentirem obrigados a postar o selo em seus blogs ,principalmente quando receberem novamente o mesmo prêmio.O selo é uma demonstração de carinho e reconhecimento de valor,um modo cooperativo de divulgação onde quem sai ganhando é o reino de DEUS.

Que toda honra e toda glória sejam dadas ao SENHOR.

Graça e paz.

Por Diác.Odair Mercham Junior


*VALE A PENA, VISITE: PASTOR SÉRGIO PEREIRA - http://prsergiopereira.blogspot.com/
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

60 - SALÁRIO OU DOM - VOCÊ DECIDE!!!


O SALÁRIO ou remuneração é o conjunto de vantagens habitualmente atribuídas àqueles que são empregados em contra prestação dos seus serviços prestados ao empregador,em quantia suficiente para satisfazer as próprias necessidades e da família.

Segundo ainda alguns juristas, existe uma diferença entre os termos SALÁRIO e remuneração, pois o primeiro diz respeito apenas ao pagamento em dinheiro, e o segundo engloba também as utilidades ou benefícios como,alimentação, moradia, vestuário, e outras prestações ln natura.

Segundo legislação brasileira, SALÁRIO é o valor pago como contra prestação dos serviços prestados pelo empregado, enquanto remuneração engloba este e mais outras vantagens a título de gratificação ou adicionais.

Analisando a lei brasileira e a própria definição do termo,não nos resta duvida que para receber o SALÁRIO seja necessária uma prestação de serviço, mas sobre tudo uma relação entre empregador e empregado.

Agora verifiquemos o que realmente nos interessa, o que a bíblia diz acerca do tema:

O apóstolo Paulo em sua carta aos Romanos capitulo 6 versículo 23 define muito bem o assunto em pauta:

“...porque o SALÁRIO do pecado é a morte, mas o DOM gratuito de DEUS é a vida eterna em CRISTO JESUS, nosso SENHOR”.

O pecado leva à morte. DEUS oferece a vida através de JESUS CRISTO. Há dois caminhos e dois destinos.(Mateus 7:13-14)

Vamos refletir em outro contraste apresentado ainda em Romanos 6:23. Paulo não falou do SALÁRIO do pecado e o SALÁRIO de DEUS. Também, não falou do DOM do pecado e o DOM de DEUS.

O pecado paga um SALÁRIO. DEUS nos oferece um DOM. Essa diferença é importantíssima.

Como já sabemos o SALÁRIO é remuneração devida, merecida pelos atos de um “empregado”. Portanto a pessoa que permanece no pecado se torna servo dele e merece o SALÁRIO justo: A MORTE.

¨Não sabeis vós que a quem vos apresentardes por servos para lhe obedecer, sois servos daquele a quem obedeceis, ou do pecado para a morte, ou da obediência para a justiça? ¨(Romanos 6:16)

DOM é presente, algo dado. Para tirar qualquer dúvida, Paulo acrescentou o adjetivo “gratuito”, mostrando que o DOM é completamente oposto ao SALÁRIO. A vida eterna não é o direito merecido por ninguém. É DOM que vem pela graça do DEUS benevolente.

O DOM gratuito não exclui serviço de honra ou obediência. De fato, o contexto diz que os cristãos são “servos para obediência” (Romanos 6:16). Mas, nada que um homem pode fazer em serviço de DEUS seria suficiente para merecer o DOM da vida eterna. JESUS disse: “Assim também vós, depois de haverdes feito quanto vos foi ordenado, dizei: Somos servos inúteis, porque fizemos apenas o que devíamos fazer” (Lucas 17:10).

Infelizmente muitos têm buscado uma remuneração através da venda daquilo que de graça lhe foi dado. Contrariando o que a palavra ensina ¨Ide ante às ovelhas perdidas, pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus. Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai.¨ (Mateus 10:6 e 7.)

Não é raro ouvirmos sobre pregadores, ¨conferencistas internacionais¨ que cobram horrores para trazerem a palavra de DEUS, irmãos que só participam de um congresso se uma certa quantia de cd´s ou dvd´s forem previamente adquiridas. Entre tantos outros exemplos.

Quando a bíblia diz que “o obreiro é digno de seu salário” (Lucas 10.7) está se referindo a uma remuneração por um serviço de honra ou obediência prestado gratuitamente,pelo exercício de um DOM, relacionada exclusivamente ao seu sustento não ao seu enriquecimento.

Muitos têm confundido, ou melhor, distorcido o verdadeiro significado de ¨viver da fé¨ (Hb 10:38),¨suas mentes estão pervertidas pelo pecado, não sabem dizer a verdade: para eles O Evangelho é simplesmente um meio de ganhar dinheiro. Afastem-se deles. (1Tm 6.5)

Vocês querem ser verdadeiramente ricos? Vocês já são, se forem felizes e bondosos.
Afinal de contas, não trouxemos nenhum dinheiro conosco quando viemos ao mundo, e não podemos levar nem mesmo um centavo quando morrermos. (1Tm 6.6,7)

Portanto, devemos sentir-nos bem satisfeitos sem dinheiro, se tivermos alimento e roupa suficiente. (1Tm 6.8)

Mas as pessoas que querem ser ricas, logo começam a fazer toda a espécie de coisas erradas para ganhar dinheiro, coisas que lhe causam dano e as tornam malvadas, e finalmente as mandam para o próprio inferno. (1Tm 6.9)

Pois o amor ao dinheiro é o primeiro passo em direção a todos os tipos de pecado.
Algumas pessoas até voltaram às costas a DEUS por causa do amor ao dinheiro e, como resultado, afligem a si mesmas com muitos sofrimentos. (1Tm 6.10)

Se vocês são realmente servos de DEUS. Fujam de todas estas coisas nocivas e, em vez disso, trabalhem no que é direito e bom, aprendendo a confiar em DEUS e amar os outros, e a serem pacientes e amáveis. (1Tm 6.11)

Lutem por DEUS. Agarrem-se com firmeza à vida eterna que DEUS os concedeu, e que vocês reconheceram numa confissão tão notável diante de tantas testemunhas. (1Tm 6.12)

Peço-te diante de DEUS, que dá vida a todos, e diante de CRISTO JESUS, que deu um destemido testemunho perante Pôncio Pilatos, que vocês cumpram tudo quanto ELE lhe mandou fazer, a fim de que ninguém ache nenhuma falta em vocês, desde agora até a volta do nosso SENHOR JEUS CRISTO. (1Tm 6.13,14)

Porque no devido tempo CRISTO será revelado do céu pelo bendito e único DEUS todo poderoso, o REI dos Reis e SENHOR dos Senhores,o único que não pode morrer nunca, e que mora em luz tão estupenda que nenhum ser humano pode aproximar-se dele. Nenhum mero homem jamais o viu, nem nunca o verá. A Ele seja honra, e poder e domínio eterno para todo o sempre. Amém. (1Tm 6.15,16)

Digam sempre aos ricos que não se orgulhem disso nem confiem no dinheiro, que logo acabará, mas que seu orgulho e sua confiança devem estar no DEUS vivente, que sempre nos dá abundantemente tudo quanto necessitamos para nossa satisfação. (1Tm 6.17)

Digam-lhes que utilizem o dinheiro para fazer o bem. E que devem ser ricos em boas obras e devem dar com alegria aos que estão em necessidade, e estar sempre prontos a repartir com os outros aquilo que DEUS lhes deu. (1Tm 6.18)

Fazendo isso, eles estarão acumulando um tesouro real para si mesmos no céu - este é o único investimento seguro para a eternidade! E estarão levando uma vida cristã frutífera aqui na terra também. (1Tm 6.19)

Não deixe de fazer as coisas que DEUS confiou a vocês. Evitem as discussões ridículas com aqueles que se gabam de seu "conhecimento" e assim provam a sua própria falta dele. (1Tm 6.20)

Algumas destas pessoas perderam a coisa mais importante da vida - elas não conhecem a DEUS, e vivem em pecado.¨ (1Tm 6.20)

Portanto, servir ao pecado e receber seu SALÁRIO, ou servir a DEUS e receber o DOM da vida?

VOCÊ DECIDE!

REFERÊNCIA: http://www.estudosdabiblia.net/index.htm

Que DEUS abençoe a todos.

Por presbítero Marcos Brandão leite.


*VALE A PENA, VISITE: O CRISTÃO REVOLTADO - http://ocristaorevoltado.blogspot.com/ Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Template Rounders modificado por ::CAMINHO PLANO::
| 29/11/2008 |